O idealismo alemão

O idealismo alemão, começa na década de oitenta do século XVIII e prolonga-se, nas suas últimas conseqüências, até à metade do século XIX, sendo a sua criação em Kant, o seu apogeu em Fichte, a sua maturidade em Schelling e a sua consumação em Hegel.

O propósito do idealismo alemão é a criação de um amplo sistema filosófico, rigorosamente homogêneo e fundamentado na irrefutabilidade de sua especulação lógica, cuja finalidade é encontrar a indivisibilidade do absoluto. Neste sentido, pode-se indicar, em geral, como o elemento característico das grandes doutrinas idealistas, a busca de um sistema unificador da totalidade do real, um pensamento que contenha a própria idéia do ser, o absoluto.

http://www.marcelavarejao.com/LAVSTUD/trabalhos/0001/estrutura/teorias0006.htm